Author Archives: Al-Gharb Conservação

Europa cria o Dia Europeu da Conservação e Restauro – 14 de Outubro

 

Dia europeu da cr

A Confederação Europeia das Organizações de Conservação e Restauro promove pela primeira vez o dia europeu da conservação e restauro que se realizará a 14 de Outubro, com iniciativas por toda a europa. Entre os dias 8 e 14 assinala-se também a Semana da Conservação e Restauro nos Media. mais informações em:

http://www.ecco-eu.org/eych-2018/european-day-of-conservation-restoration/

Anúncios

Rede de Museus do Algarve promoveu formação sobre “Conservação Preventiva de Documentos Gráficos”

Cartaz_Formação Papel 2018

A formação gratuita de iniciativa da Rede de Museus do Algarve, decorreu no passado mês de Junho e contou com o apoio do Museu Municipal de Loulé, que disponibilizou o espaço para a formação, bem como a sua Conservadora-Restauradora Dra. Ana Vaza que ministrou a acção. responsável pela acção, que teve componente teórica e prática. Esta acção consistiu na repetição da formação de 2016 destinada a técnicos de arquivo, com componente teórica e prática, mas desta vez dirigiu-se a conservadores-restauradores e outros técnicos da área. Marcaram presença neste dias técnicos de vários museus do Algarve e ainda Baixo Alentejo.


Museus do Algarve assinalam o Dia Internacional dos Museus – 2018

IMD2018-poster-portuguese.indd

Mais uma vez, são vários os museus da Rede de Museus do Algarve que assinalarão nos próximos dias as comemorações do Dia Internacional dos Museus, à luz do tema emanado pelo ICOM, Conselho Internacional dos Museus, que este ano é Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos.

“O Dia Internacional dos Museus, anualmente celebrado a 18 de maio, foi criado em 1977 pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, com o objetivo de promover, junto da sociedade, uma reflexão sobre o papel dos Museus no seu desenvolvimento.

Os museus, enquanto parte integrante das suas comunidades, não podem alhear-se da rede global de conexões que caracteriza a sociedade contemporânea, quer no que respeita ao modo de interpretar e apresentar os seus acervos, quer no que se refere aos meios utilizados para cativar novos públicos. A digitalização das coleções, a presença de elementos multimédia nas exposições ou o hashtag são apenas alguns dos recursos proporcionados pelas novas tecnologias.

No entanto, a hiperconectividade dos museus deve ser também entendida no sentido de estes alcançarem uma aproximação mais abrangente aos vários setores da sociedade, cada vez mais sujeita a transformações, nomeadamente com o aparecimento de novas minorias, grupos étnicos ou instituições locais.

RPM 2018DIM

Noite Europeia dos Museus – 19 de maio

A Noite dos Museus, é uma iniciativa criada em 2005 pelo Ministério da Cultura e da Comunicação de França.

Nesta ocasião, os museus portugueses organizam múltiplas atividades – espetáculos de teatro e dança, concertos, visitas guiadas e encenadas, entre muitas outras -, convidando os visitantes a usufruírem, em período noturno, de uma experiência diferente e certamente enriquecedora.” In http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/agenda/atividades-diversas/dia-internacional-dos-museus-e-noite-dos-museus-programa/

Deste modo alguns dos museus algarvios que assinalam a data são:

Museu Municipal de Arqueologia de Albufeira https://www.cm-albufeira.pt/content/munic-pio-celebra-dia-internacional-dos-museus

Albufeira DIM 2018

Museu de Portimão https://regiao-sul.pt/2018/04/14/sociedade/18a-corrida-fotografica-de-portimao/433968

Portimão DIM 2018

Museu Municipal de Tavira http://museumunicipaldetavira.cm-tavira.pt/?q=content/atividades-adultos-destaque/451

Tavira DIM 2018

Museu Municipal de Faro http://www.cm-faro.pt/pt/noticias/51141/municipio-de-faro-assinala-dia-internacional-dos-museus-e-noite-europeia-dos-museus.aspx

Faro DIM 2018

Museu de Loulé http://www.museudeloule.pt/pt/default.aspx

Loulé Foto DIM 2018

Museu Municipal de Arqueologia de Silves http://www.cm-silves.pt/pt/noticias/4444/camara-municipal-de-silves-assinala-dia-internacional-dos-museus.aspx

Silves 2018 DIM

 


Workshop “Conservação de documentos e livros em papel” 10 e 11.05.2018

papel 2

Organizada pela empresa PH Neutro, esta formação terá lugar no Arquivo Histórico Ultramarino, em Lisboa, e versará sobre aprendizagem de técnicas e métodos para a conservação de colecções em Papel.

As inscrições estão limitadas a 12 participantes e o programa pode ser consultado aqui ph_workshop 2018 MAIO

 


Semana Cultural Lugares de Globalização – 16 a 24 de Março/2018

Lugares de globalização

No Ano Europeu do Património Cultural ocorre no Algarve “A Semana Cultural – Lugares de Globalização”, entre 16 e 24 de Março.

“A Semana Cultural – Lugares de Globalização resulta de uma parceria constituída pela Vicentina – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste – a Direção Regional de Cultura do Algarve, os Municípios de Aljezur, Lagos, Monchique, Silves e Vila do Bispo, a Região de Turismo do Algarve e a Associação LAC – Laboratório de Atividades Criativas.

O projeto inspira-se no conteúdo da candidatura à Comissão Nacional da UNESCO, com o mesmo nome, submetida pela Região de Turismo do Algarve em parceria com a Direção Regional de Cultura e os Municípios do território alvo, o que permitiu a inscrição destes territórios na Lista Indicativa de Portugal a Património Mundial.

[…] A Semana Cultural – Lugares de Globalização pretende, em torno deste tema, contribuir para afirmar o Algarve enquanto destino cultural, apostando na sua história comum, e desenvolver uma cultura de empreendedorismo pela afirmação dos seus valores culturais e patrimoniais.
Pretende ainda promover a reflexão entre património e turismo, assim como fomentar a diversificação das funções tradicionais do património e da cultura, de forma a promover a criação e o fortalecimento de atividades económicas inovadoras, criativas e complementares.”

Com programa diversificado. Mais informações aqui: http://semanacultural-lugaresdeglobalizacao.pt/

 


2018 Ano Europeu do Património Cultural

património cultural

“Por iniciativa da Comissão Europeia celebra-se pela primeira vez o Ano Europeu do Património Cultural, enquadrado pelos grandes objetivos da promoção da diversidade e do diálogo interculturais e da coesão social, visando chamar a atenção para o papel do património no desenvolvimento social e económico e nas relações externas da União Europeia, e motivar os cidadãos para os valores comuns europeus.

Será uma importante oportunidade para a realização de iniciativas em diferentes níveis – europeu, nacional, regional e local – envolvendo os cidadãos, organizações, entidades públicas e privadas, que contribuirão para uma maior visibilidade da cultura e do património e para o reconhecimento da sua importância e do seu caráter transversal em todos os setores da sociedade. […]”

Mais informações em: http://anoeuropeu.patrimoniocultural.gov.pt/

 


Tavira desvenda o passado com exposição de arqueologia

Arqueologia Tavira 2018x

Mais informações no site do Museu Municipal de Tavira: http://museumunicipaldetavira.cm-tavira.pt/content/exposi%C3%A7%C3%B5es-destaque/448


Património Imaterial Algarvio vai ter página web 02.03.2018

algarve imaterialA notícia foi divulgada pela Rede de Museus do Algarve e a iniciativa decorre da ação do grupo de trabalho de património imaterial daquela rede.

A página será apresentada já na próxima sexta-feira, dia 2 de Março, contando com a presença da Direção Regional de Cultura do Algarve.

 


Workshop: Conservação de documentos e livros em papel. 12 e 13.04.2018 – Lisboa

papel 2018

Mais informações aqui: ph_workshop PAPEL 2018


DRC Algarve promoveu restauro do portal principal da Sé de Silves

Sé 2011Foi no passado dia 01/02/2018 que a Direção Regional de Cultural do Algarve divulgou a nota de imprensa onde dava conta da conclusão da intervenção no portal principal da Sé de Silves.

Naquele texto pode ler-se:

A intervenção neste Monumento Nacional, que permitiu recuperar totalmente o portal principal, em pedra, da antiga Sé de Silves, foi promovida pela Direção Regional de Cultura do Algarve e realizada pela empresa Samthiago, Conservação e Restauro. A empreitada, que contou sempre com o acompanhamento interessado da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e da Câmara Municipal de Silves, incluiu o portal, o varandim exterior e os pináculos, tendo sido efetuado o reposicionamento e consolidação das aduelas nas arquivoltas do portal (cuja instabilidade apresentava perigo para o património e para as pessoas), a limpeza de todas as pedras de silharia e juntas e o refechamento destas, e a pintura das portas em madeira do acesso principal à igreja e do vão que comunicava o varandim exterior com o antigo coro alto.

 A operação foi efetuada no âmbito do Programa Operacional CRESC Algarve 2020, numa candidatura ao Eixo Prioritário 4 – Reforçar a Competitividade do Território, PI-6.3 – Conservação, Proteção, Promoção e Desenvolvimento do Património Cultural Natural, com um investimento total no valor de 72.910,00 euros, beneficiando de um financiamento de 60% do FEDER.

 A intervenção foi desenvolvida em três fases: foi primeiro realizado um estudo de diagnóstico, encomendado pela Direção Regional de Cultura do Algarve à empresa IN SITU, Conservação de Bens Culturais, Lda., no qual foram identificadas as patologias da pedra, nomeadamente colonização biológica, pátina, zonas com erosão, elementos a reintegrar, infestação de vegetação e patologias estruturais (desligamentos, fraturas, fissuras, fendas na estrutura e lacunas volumétricas); Seguidamente efetuou-se a caraterização dos sais que provocavam a erosão, a lascagem, a desagregação observadas na pedra do portal – calcários dolomíticos de Silves –, um estudo encomendado pela DRCAlgarve à empresa PENTA, Património Cultural, cujos resultados permitiram programar uma intervenção consciente e adequada, quer ao nível dos materiais quer das técnicas a adotar; finalmente, na sequência do procedimento concursal, a execução das obras foi adjudicada à Samthiago, Conservação e Restauro pelo valor de 52.635,00 euros, ficando a fiscalização da empreitada a cargo da empresa Procontrol, Projetos e Fiscalização, Lda., sendo a monitorização e controlo efetuadas pela equipa técnica da Direção de Serviços dos Bens Culturais da DRCAlgarve.

 Simultaneamente, a Câmara Municipal de Silves promoveu a retificação das drenagens das águas pluviais do lado norte da antiga Sé, cujos defeitos eram a causa de muitas das patologias observadas na silharia do portal.

 Para além dos melhoramentos no imóvel e na segurança dos seus utentes, espera-se que esta intervenção contribua para o aumento das visitas ao monumento, que anualmente ultrapassam já as 45.000, trazendo benefícios para a economia local e contribuindo para a sustentabilidade de uso da antiga Sé, um dos mais relevantes edifícios monumentais do Algarve, não só devido à sua plena compatibilidade com a fruição turística e religiosa mas também por se tratar de um edifício que – apesar das posteriores alterações e acrescentos, nomeadamente com uma interessantes exemplares de talha e imaginária – conserva a sua essência claramente gótica, que remonta maioritariamente ao século XV e é contemporânea da primeira globalização comercial da Época Moderna, tendo como particularidade os materiais utilizados na sua construção: o arenito vermelho e os calcários dolomíticos de Silves.”

É com satisfação que vemos a ação destas entidades na salvaguarda do monumento referido, não esquecendo os inúmeros monumentos algarvios que aguardam o mesmo tratamento.

 


%d bloggers like this: